Umuarama reduz em 30% a fila de espera por especialistas

Dados são da auditoria, Controle, Regulação e Avaliação da Secretaria Municipal de Saúde

17/08/2017 11h22 - Por: Secretaria de Saúde

Umuarama reduz em 30% a fila de espera por especialistas

Ações da Secretaria Municipal de Saúde permitiram reduzir em quase 30% a fila de espera por consultas e procedimentos com médicos especialistas em Umuarama.


De acordo com dados repassados pelo setor de Auditoria, Controle, Regulação e Avaliação da secretaria, em janeiro de 2017 havia 29.182 consultadas agendadas, aguardando atendimento. No início desta semana, o volume havia sido reduzido para 21.454 pessoas aguardando atendimento especializado.


O prefeito Celso Pozzobom explica que ainda serão necessários alguns meses para reduzir significativamente esse volume, acumulado nos últimos anos. Mas os esforços foram concentrados para que os casos mais urgentes sejam atendidos rapidamente, bem como as pessoas que estão a mais tempo na fila de espera.
“Além do empenho da equipe da Secretaria de Saúde, liderada pela secretária Cecília Cividini, estamos implantando melhorias, reforçando o quadro de profissionais e contamos com o apoio do governo do Estado e do deputado estadual Fernando Scanavaca, que tem conseguido recursos para aumentar o atendimento”, afirmou.


A secretária Cecília lembra que para agilizar o atendimento a secretaria contratou um médico regulador, que mantém contato direto com os profissionais da atenção primária e encaminha as consultas aos especialistas. “Buscamos dar mais agilidade e resolutividade aos pacientes, além de qualidade no atendimento prestado. Por isso já conseguimos oferecer 7.728 consultas num período de cinco meses, reduzindo o represamento. Além disso, foram realizados 6.762 exames desde janeiro”, explicou.
A oferta de consultas aumentou também graças à contratação de serviços em ortopedia, a maior demanda represada. “Temos consultas para especialistas em ombros, mãos e coluna, numa área em que há 3.977 pessoas na fila de espera. As consultas em espera para oftalmologia são 3.436. Outras áreas expressivas são a cardiologia (3.369 consultas) e a dermatologia, área onde 2.094 pessoas aguardam atendimento”, acrescenta a secretária de Saúde. Com uma demanda de 12.876 consultas, as quatro especialidades respondem por 60% da fila de espera.


As outras especialidades com grande número de consultas agendadas são cirurgia geral, endocrinologia, urologia, neurologia, otorrinolaringologia, psiquiatria, pneumologia, neurocirurgia, angiologia e neurologia. “A Secretaria de Saúde busca ainda profissionais para atender pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nas áreas de reumatologia e gastroenterologia. O processo de contratação encontra-se nos trâmites finais, aguardando parecer jurídico”, informou a chefe da Divisão de Auditoria, Eliane Trentini Pagnussat.

Comentários

Últimas notícias

 

Página 1 de 9