AS PREVISÕES DA SINGULARITY UNIVERSITY ATÉ 2038

Como o futuro afetará a vida das pessoas

01/09/2018 09h24 - Por: Inovasocial

AS PREVISÕES DA SINGULARITY UNIVERSITY ATÉ 2038

Como serão os próximos 20 anos? Pode parecer uma pergunta difícil, principalmente para nós, brasileiros, que não sabemos nem como será a nossa próxima eleição presidencial e, consequentemente, nossos próximos quatro anos. Mas tem gente pensando lá na frente, e uma dessas pessoas é o dr. Peter H. Diamandis, co-fundador da Singularity University. Apesar de carregar o termo “universidade” no nome, a SU é uma “think tank”, ou seja, uma organização/centro de pesquisa focada em inovação e incubadora de startups localizada no NASA Research Park, no Vale do Silício. Fundada em 2008, a Singularity University possui diversos colaboradores, como Deloitte e Google.

Com apenas nove anos de idade, a instituição — localizada no coração do Vale do Silício — já é a queridinha de empresários e executivos que querem levar inovação e práticas à la startup a suas companhias. E, de quebra, ter impacto social. 

O raciocínio é o seguinte: se nos últimos 100 anos a expectativa de vida mais que dobrou, o índice de alfabetização foi 25% para 80% e, agora, podemos carregar no bolso computadores que antes ocupavam uma sala inteira, podemos também resolver outras questões globais. Essa velocidade com que tudo avançou é a chamada “tecnologia exponencial”. E a Singularity tem um programa exclusivamente voltado a usar tal velocidade a fim de chegar a soluções para problemas mundiais — o "Global Solutions Program". São questões como nutrição, água, educação, saúde e governança.

"A tecnologia está avançando a cada ano que passa, acelerando exponencialmente", afirma Nicholas Haan, diretor-geral do programa. "O mundo vai mudar drasticamente nas próximas décadas. Isso afeta todos os negócios e os aspectos da vida." Ele roda o mundo levando versões reduzidas do programa para diversos países. Nesta sexta-feira (26/09), palestrou na Yunus Negócios Sociais, organização que presta consultoria a startups e grandes empresas interessadas em adotar iniciativas sociais.

Mas voltando ao papo de previsões e como serão os próximos 20 anos, tenho visto vários sites falando sobre as “previsões da SU até 2038”. No entanto, vi que tinha algo de estranho em alguns links – principalmente em português – e decidi investigar melhor (uma atitude que deveria ser vista como padrão/básica antes de sairmos replicando o texto sem fonte). Não sei porquê, muitos dos links que encontrei distorcem as previsões originais e adicionam palpites malucos. Por isso, decidi fazer esse Inova+ baseado no artigo original – disponível em inglês neste link – e adicionar apenas pequenos comentários. Confira abaixo a lista de previsões.

2018

Singularity University: Supremacia quântica alcançada – A primeira demonstração de uma computação quântica – que não pode ser simulada com supercomputadores tradicionais – é anunciada.
InovaSocial: Recentemente a Intel anunciou o início dos testes com o Spin Qubit, menor chip da marca e voltado para computação quântica.

Singularity University: Inteligência artificial emotiva – A emoção será incorporada em interfaces de conversação com IA. Será socialmente aceitável gritar com raiva para a Alexa e ela responder algo como: “Por favor, não grite comigo, isso magoou meus sentimentos.”
InovaSocial: Ainda estamos longe de termos máquinas com emoções, mas com a ascensão das inteligências artificiais, esta questão envolverá, cada vez mais, discussões que misturam ética, tecnologia e o relacionamento.

2020

Singularity University: Rede 5G – A rede 5G deve liberar velocidades de conexão de 10 a 100 GB para smartphones em todo o mundo.
InovaSocial: Talvez uma das previsões mais realistas, a rede 5G já é algo tão previsto, que a Anatel já iniciou as discussões em torno da implementação da rede no Brasil. A agência prevê que uma licitação seja aberta no segundo semestre de 2019, para que as operadoras comecem a preparar a rede no país.

Singularity University: Diagnóstico médico baseado em inteligência artificial – Diagnósticos médicos baseados em IA e recomendações de terapia já são usados na maioria dos serviços de saúde dos EUA.
InovaSocial: A inteligência artificial já é vista como um grande suporte para o diagnóstico médico. Algoritmos são treinados para identificar doenças em exames de imagem e outros testes mais simples. No entanto, a discussão neste tema deve ganhar maiores debates na questão do sigilo médico.

Singularity University: Carros voadores começam a operar em algumas cidades do mundo
InovaSocial: Outra previsão que caminha a todo vapor, os carros voadores já possuem diversos projetos em andamento. Em Miami, um prédio de luxo em fase de construção terá pista de pouso para carros voadores. Já o II Encontro Anual Uber Elevate selecionou seis finalistas para o projeto UberAir Skyport.

Singularity University: Catalisadores Quânticos – Com as ascensão dos processos quânticos, novos “catalisadores” devem ser descobertos, marcando o fim da química tradicional.

2022

Singularity University: Impressora 3D – As novas impressoras poderão imprimir roupas e módulos para casas e prédios.
InovaSocial: Muito mais que roupas e módulos residenciais, as impressoras 3D podem ganhar uma tarefa muito mais importante, a impressão de órgãos, algo que já havíamos previsto tendência de exploração, no texto “20 tendências e tecnologias inovadoras para 2018”.

Singularity University: Carros Autônomos – As pessoas poderão viajar legalmente em carros autônomos por todo o EUA.
InovaSocial: Uma das grandes bandeiras das montadoras atuais, o carro autônomo deve virar realidade muito em breve. A Ford e a Tesla já iniciaram seus testes no EUA e, se depender de Elon Musk, isso acontecerá antes de 2022.

Singularity University: Brinquedos inteligentes – Todos os brinquedos são “smarts” e possuem aprendizado automático (machine learning) integrado.

Singularity University: Mordomo tecnológico – Robôs são comuns na maioria das residências de classe média, sendo capazes de ler os lábios de forma confiável e reconhecer gestos de face, boca e mão.

Singularity University: Robôs entendem o contexto da fala suficiente bem para interagir com os humanos como recepcionistas, assistentes de lojas de varejo e balconistas.
InovaSocial: Apresentado durante o Google IO 2018, o Duplex é um sistema de inteligência artificial que entende e se comunica de forma quase humana. Confira abaixo o vídeo demonstrativo do sistema, onde a máquina liga para um salão de cabeleireiros e agenda serviços.

2024

Singularity University: Marte é logo ali – As primeiras missões humanas privadas são lançadas para Marte.
InovaSocial: Se depender da SpaceX, Marte será o próximo destino da raça humana.

Singularity University: Invasão Drone – Atingiremos a marca de 10 milhões de voos com drones diariamente (atualmente, já são cerca de 100 mil voos).

Singularity University: Courier Autônomo – Será rotineiro ver drones entregando pacotes em telhados e janelas, e robôs terrestres entregando pacotes diretamente na porta da residência do cliente.

Singularity University: 1¢ por kw/h – Veremos os primeiros acordos de energia solar e eólica sendo assinados, tornando o kw/h até um quinto mais barato que as ofertas de carvão ou gás.

Singularity University: Energia limpa – Construir sistemas de energia solar e/ou eólica serão mais barato do que carvão ou gás em 90% do planeta.

Singularity University: Carro elétrico – Veículos elétricos serão metade das vendas de veículos novos.

Singularity University: A luta contra o carvão – China e Índia anunciam o fechamento de centenas de usinas de carvão.
InovaSocial: Em março de 2014, o primeiro-ministro Li Keqiang, anunciou que “vamos declarar guerra à poluição assim como declaramos guerra à pobreza”. Quatro anos depois, um estudo realizado pela Universidade de Chicago mostrou que algumas cidades chinesas já reduziram em 32% a concentração de partículas no ar. Além disso, todas as minas de carvão na China foram fechadas e novas termoelétricas que usam o combustível foram proibidas.

Singularity University: CO2 em alta – As emissões de carbono atingirão o pico em todo o mundo.

Singularity University: Inteligência Artificial no currículo – Conhecimento em inteligência artificial é um requisito para a maioria dos trabalhos.

2026

Singularity University: Meu carro – Ter o seu próprio carro já não faz mais sentido e os carros autônomos dominam estradas.

Singularity University: Meu carro voador – 100 mil pessoas irão viajar todos os dias com veículos de decolagem e aterrissagem vertical (VTOL) em Los Angeles, Tóquio, Londres e São Paulo

Singularity University: Uma horta em casa – A agricultura vertical torna-se viável para a produção de alimentos nas principais megacidades.
InovaSocial: Uma das grandes necessidades do futuro será a produção de alimentos. Soluções como a Growmore serão essenciais para as novas cidades.

Singularity University: Nanotecnologia – A fabricação atomicamente precisa de materiais (APM) é apresentada em larga escala.
InovaSocial: A fabricação atomicamente precisa de materiais só será viável com a evolução das nanotecnologias, algo em constante evolução há anos.

Singularity University: Todo mundo conectado – 8 milhões de pessoas estarão conectadas com velocidades acima de 500 Mbps. Nas regiões mais pobres do planeta, tablets estarão disponíveis gratuitamente por meio de um cadastro.
InovaSocial: Assim como ocorre com as redes sociais atualmente, que são gratuitas mediante a um cadastro, o futuro das conexões seguiram no formato, mas disponibilizando aparelhos.

Singularity University: A Era da Realidade Virtual – A realidade virtual torna-se onipresente. Os pais reclamam que seus filhos estão constantemente em outro universo. As viagens começam a diminuir à medida que os sistemas de VR tornam a experiência o suficiente para experimentar novas sensações, sem o incômodo da locomoção.

2028

Singularity University: Energia limpa / Parte 2 – Construir sistemas de energia solar e eólica serão mais barato do que operar carvão e gás em mais da metade do mundo.

Singularity University: Energia limpa / Parte 3 – Energia solar e eólica representam quase 100% da eletricidade da nova geração.

Singularity University: Energia limpa / Parte 4 – A demanda mundial por petróleo atinge o pico e dá sinais de queda.
InovaSocial: De acordo com a Shell, o pico no consumo de petróleo deve acontecer até 2030 e o grande “culpado” desse movimento são os carros elétricos. No entanto, Ben van Beurden, presidente da companhia, afirmou para Reuters que “o petróleo ainda será necessário por décadas, uma vez que provavelmente continuará sendo o principal combustível para aviões, navios e caminhões pesados”.

Singularity University: Eu, robô – Os robôs terão relações reais com as pessoas, dando suporte nos cuidados na velhice, higiene pessoal e a preparação de alimentos. Os robôs sexuais tornam-se populares.
InovaSocial: Atualmente, grande parte das pesquisas de robôs se concentram nestas duas frentes: cuidados e sexualidade. Enquanto muitos robôs estão sendo projetados para cuidar de idosos, outros tantos são desenvolvidos para atender os prazeres sexuais, levantando debates sobre “estupros de máquinas”.

2030

Singularity University: O fim do Teste de Turing – A inteligência artificial passa no Teste de Turing, o que significa se igualar (ou extrapolar) a inteligência humana em diversas áreas.
InovaSocial: Não sabemos quais os motivos para a SU marcas 2030 como o ano da virada no cenário de IA, mas sabemos que isso impactará diretamente em tudo que conhecemos. O fim do Teste de Turing não apenas nos obrigará a discutir tecnologia, como direitos e responsabilidades com as máquinas. Será algo como o visto no filme “O Homem Bicentenário”, onde questionamos o que é ser humano.

Singularity University: Aniversário de 200 anos – A humanidade alcança a “Velocidade de Escape da Longevidade” para os mais ricos.
InovaSocial: Muitos pesquisadores acreditam que a primeira pessoa a alcançar a imortalidade já nasceu. De acordo com o gerontólogo de Cambridge e co-fundador da SENS, Aubrey de Grey, as chances disso ter acontecido são de 80%. Há anos discutimos como podemos conter o envelhecimento, mas talvez a questão nos traga outras discussões, que extrapolam o campo da ciência. Se vamos viver mais (ou infinitamente), onde vamos morar? Vamos limitar os nascimentos ou vamos explorar novos planetas? Arrisco em dizer que só podemos pensar em imortalidade, quando nos tornarmos uma raça interplanetária.

Singularity University: Wikileaks Global – As agências de inteligência confirmam que mensagens de internet armazenadas e seguras enviadas entre 1990-2029 foram descriptografadas por processadores quânticos, expondo um acervo de comunicações privadas sem precedentes na história.
InovaSocial: A criptografia tradicional será uma fechadura antiga e obsoleta para os computadores quânticos. Em entrevista para o Valor Econômico, Ulisses Mello, diretor do Laboratório de Pesquisas da IBM no Brasil, afirmou que “qualquer sistema transacional que usa os sistemas de criptografias atuais, como o blockchain ou criptomoedas poderia ser facilmente quebrados por um computador quântico”.

Singularity University: CO2 Free – As emissões de carbono caem rapidamente a cada ano. Um plano global para zerar as emissões de carbono até 2050 é assinado.
InovaSocial: Não sei se um plano global será assinado em 2030, mas a história mostra que estamos caminhando para duas opções, ou zeramos o CO2 no planeta, ou deixaremos ele inviável para a vida.

Singularity University: Fim do petróleo – Várias empresas petrolíferas deixam de existir.
InovaSocial: Com a escassez de petróleo, é lógico que muitas petrolíferas se reinventem ou deixem de existir nas próximas décadas.

Singularity University: Energia para todos – A “pobreza energética” cai em mais da metade em relação a 2017. O acesso à energia elétrica está ao alcance de todas as pessoas.

Singularity University: IA Criativa: Sistemas alimentados por inteligência artificial fornecem soluções criativas para problemas em praticamente todas as áreas.
InovaSocial: Com o fim do Teste de Turing, não é surpresa que isso comece acontecer. No entanto, isso nos levará a discussões mais profundas sobre a criatividade humana, ponto que nos diferencia das máquinas.

2032

Singularity University: Nanorobôs médicos – Dispositivos microscópicos estenderão nosso sistema imunológico.
InovaSocial: Algo em constante pesquisa, os nanorobôs médicos devem virar realidade até mesmo antes de 2032. Mas, ao invés de ser uma coisa incrível, talvez seja uma necessidade para a sobrevivência. Com o surgimento de novas doenças e superbactérias resistentes a todos os antibióticos conhecidos, aumentar o sistema imunológico pode ser uma necessidade para combater uma ameaça global.

Singularity University: Os verdadeiros ciborgues: A maioria dos profissionais humanos já terão sofrido alguma melhoria no córtex cerebral, incluindo coprocessadores e comunicação via web em tempo real.

Singularity University: Novos corpos – Avatares robóticos se tornam popular, permitindo que todos tenham a capacidade de “teletransportar” sua consciência para qualquer lugar no mundo.
InovaSocial: Talvez uma das previsões com mais cara de ficção científica, a possibilidade de transportar a consciência humana para um sistema robótico pode ser mais um passo para a evolução exponencial da raça humana. Particularmente é um das previsões o qual eu sou mais cético.

Singularity University: Robôs por todos os lados – Robôs são comuns em todos os locais de trabalho, eliminando o trabalho manual e com interações repetitivas (por exemplo: recepcionistas, guias turísticos, motoristas e trabalhadores da construção civil).

2034

Singularity University: Cérebro na nuvem – Empresas como a Kernel concluem conexões confiáveis entre o córtex humano e a nuvem.
InovaSocial: Não é só a Kernel que está tentando este tipo de inovação. A Neuralink, do bilionário Elon Musk, é outra que busca conectar o cérebro humano a nuvem. Uma hora vão conseguir!

Singularity University: IA na ciência – Sistemas de inteligência artificial estarão integrados às áreas de ciência e resolverão problemas cada vez mais complexos.

Singularity University: Resolvendo problemas singulares: Muitos desafios, como o câncer e a pobreza, estarão erradicados.
InovaSocial: Se buscamos a imortalidade, resolver doenças mortais e problemas de igualdade talvez sejam essenciais (e básicos).

Singularity University: Robôs companheiros – Robôs atuam como empregadas domésticas, mordomos, enfermeiras e babás, além de apoiarem a independência dos idosos.

2036

Singularity University: Longevidade – Tratamentos de longevidade são rotineiros e cobertos por apólices de seguro de vida, estendendo a vida útil em 30 a 40 anos.

Singularity University: Smart Cities – Cidades inteligentes são produzidas em escala global, além de serem super eficientes e sustentáveis, produzindo alimentos, transporte e com inteligência artificial onipresente.

2038

Singularity University: Uma nova vida – A vida cotidiana é irreconhecível. Incrivelmente boa, a realidade virtual e a inteligência artificial estão presentes em todos os momentos da vida humana.

POR  / EM INOVA+

Vídeo

Comentários

Últimas notícias

 

Página 1 de 16